/* title to get the post title */ function getPageTitle() { global $wp_query; return get_post_title($wp_query->post->ID); } /* Add shortcode */ add_shortcode('page_title', 'getPageTitle');

Com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, através da iniciativa “Gulbenkian Cuida”, a Mutualista Covilhanense vai implementar, a partir de maio, um projeto que apoiará a população idosa do concelho da Covilhã durante a pandemia e até final de 2020.

A realização de videoconsultas médicas, a criação de uma linha de contacto direta para apoio psicossocial, a prestação de cuidados de saúde ao domicílio ou a constituição de uma bolsa de voluntariado para auxiliar os seniores em tarefas do dia-a-dia são algumas das medidas previstas neste projeto de âmbito concelhio denominado de “Cuida com amor – Protege com afeto”.

A “Gulbenkian Cuida” é uma iniciativa da Fundação Calouste Gulbenkian em parceria com o Instituto de Segurança Social, através da qual é distribuído neste momento excecional o montante de 1,2 milhões de euros pelo país, para apoiar organizações da sociedade civil que prestam apoio aos idosos, um dos grupos de maior risco no âmbito da doença Covid-19. Foi realizado um concurso nacional, tendo sido selecionados 69 projetos. A Mutualista Covilhanense, única organização contemplada no concelho da Covilhã, receberá 20 mil euros para executar o seu, valor máximo atribuído pela Fundação por projeto.

O Presidente da Direção da Mutualista Covilhanense, Nelson Silva, adianta que “é um projeto transversal a toda a instituição, dado que envolverá o Gabinete de Ação Social, o Centro Clínico, a Farmácia, a Unidade Móvel de Saúde e o Serviço de Apoio Domiciliário”. O dirigente sublinha que “os beneficiários deste amplo projeto serão não só utentes que beneficiam já dos serviços da Mutualista, nomeadamente nas valências de apoio à 3ª Idade e nas aldeias servidas pela Unidade Móvel, como também a população sénior em geral que precise de auxílio neste momento excecional que vivemos”.

Em relação à bolsa de voluntariado, a ideia é a de captar voluntários que ajudem em tarefas como realizar compras ou pagar contas, reduzindo as saídas dos idosos e a possível exposição ao vírus. Quanto às videoconsultas, serão da especialidade de Clínica Geral e serão realizadas a partir do Centro Clínico da Associação. No que respeita aos cuidados de saúde ao domicílio, e em complemento às videoconsultas médicas, incidirão sobretudo nas áreas da enfermagem e do apoio farmacêutico.

O “Cuida com amor – Protege com afeto” prevê também a continuidade da iniciativa “Farmácia à sua porta”, lançada pela Farmácia da Mutualista em março passado, que consiste na entrega gratuita de medicamentos ao domicílio na cidade da Covilhã, e ainda o reforço de recursos humanos e materiais da Associação.

Share This